Matemática – Bacharelado

Histórico

O curso de Licenciatura em Matemática do atual INMA (Instituto de Matemática)-UFMS em Campo Grande foi implantado em 1981 e reconhecido em abril de 1984. Como os demais cursos de Licenciatura da UFMS, foi criado com o objetivo principal de atender às necessidades básicas da rede de Ensino Fundamental e Médio de Mato Grosso do Sul. A criação do curso teve origem no Departamento de Matemática, que agora tornou-se Instituto de Matemática, do antigo Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, que na época já atendia ao curso de Engenharia Civil da UFMS, onde era oferecida uma sólida formação de Matemática a esses estudantes.

 

Forma de ingresso:

O ingresso ocorre mediante:

I – processos seletivos para portadores de certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente, sendo eles:

a) Sistema de Seleção Unificada;

b) Vestibular;

c) Programa de Avaliação Seriada Seletiva;

d) Seleção para Vagas remanescentes; e

e) Seleção para Portadores de visto de refugiado, visto humanitário ou visto de reunião familiar.

II – convênios ou outros instrumentos jurídicos de mesma natureza, firmados com outros países para portadores de certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente;

III – processos seletivos para portadores de diploma de curso de graduação, condicionado à existência de vagas;

IV – matrícula cortesia, para estrangeiros que estejam em missões diplomáticas ou atuem em repartições consulares e organismos internacionais e seus dependentes, independentemente da existência de vagas, conforme legislação específica;

V – processo seletivo para transferência de estudantes regulares de outras instituições nacionais de ensino superior, para cursos da mesma área de conhecimento, e condicionado à existência de vagas;

VI – transferência compulsória de estudantes de outras instituições nacionais de ensino superior, para cursos da mesma área de conhecimento, independentemente da existência de vagas, conforme legislação específica;

VII – seleção para movimentação interna de estudantes regulares da
UFMS para mudança de curso, condicionado à existência de vagas;

VIII – permuta interna para troca permanente entre estudantes do mesmo curso no âmbito da UFMS;

IX – convênios ou outros instrumentos jurídicos de mesma natureza, firmados com instituições nacionais ou internacionais de ensino, para mobilidade de estudantes regulares de outras instituições;

X – matrícula para complementação de estudos, para os candidatos que optaram por revalidar o diploma na UFMS, de acordo com a legislação específica; e

XI – seleção de reingresso para os estudantes excluídos que tenham interesse em dar continuidade aos estudos no mesmo curso, habilitação, modalidade, turno e Unidade de origem, condicionado à existência de
vagas.

Parágrafo único. Os critérios e procedimentos que regulamentam o ingresso são definidos em Regulamentos e em editais específicos, condicionado à existência de vagas e às especificidades dos cursos.

 

Objetivos do Curso:

Os egressos do curso devem ser pesquisadores em Matemática:
a) com sólidos conhecimentos em Matemática;
b) qualificados para a pós-graduação visando a pesquisa e o ensino superior ou para oportunidades de trabalho fora do ambiente acadêmico;
c) críticos e investigadores de sua formação, capazes de atuar de forma autônoma e criativa diante dos desafios do mundo contemporâneo;
d) com plenas condições de inserção no mercado de trabalho, ocupando uma posição diferenciada, onde poderá aplicar as ferramentas matemáticas aprendidas durante o curso;
e) intelectuais engajados com o processo de transformação social, que atuem eticamente, que sejam capazes de exercer a cidadania, estando capacitados a cuidar do meio ambiente local, regional e global, em busca do equilíbrio do meio;
f) dotados de competências que lhe permitam agir em defesa da dignidade humana em busca da igualdade de direitos, do reconhecimento e valorização das diferenças e das diversidades.

 

Duração do Curso:

  •  12 semestres

Período:

  • Noturno

 

Mais Informações: